Quantidade de Páginas visitadas

Colégio discute superação da violência com concurso de poesia


Foi entregue nesta quarta -feira, a premiação do Concurso de Poesia “A Superação da Violência” promovido pelo Colégio Novo Horizonte, para alunos do Ensino Fundamental e Médio. Os alunos produziram os textos sob a orientação dos professores de Língua Portuguesa após atividades de prevenção à violência na escola, sendo selecionados seis poemas pelos professores, os quais receberam a premiação durante a entrega de boletins aos pais na escola.

Foram selecionados os poemas de Lucas Vinicyus Ferreira – 1° A, Mateus Eduardo Neckel Coite – 3 ° A, Camila Silva – 3° A, Maria Eduarda Vaz de Morais – 9° A, Andrey Pereira da Souza – 7° D, Eduardo Couto 6° C.

Os poemas selecionados enviados aos acadêmicos da Academia de Letras de Toledo, escritores Lucrécia Welter, professor Miguel Sepúlvida e Moema Wiezzer, os quais concederam a premiação principal ao poema “Violência”, do aluno de Lucas Vinicyus Ferreira, que ganhou uma bicicleta patrocinada pela Vulsan Cicles.







 



Memorial Fotográfico dá inicio às comemorações dos 25 anos do Colégio Novo Horizonte


Foi aberta durante a assembleia da APMF no dia 11 de maio o Memorial Fotográfico Colégio Novo Horizonte: 25 anos. São cerca de 40 fotografias com os principais acontecimentos da escola, sejam pedagógicos, sejam na estrutura física, desde a sua fundação em março de 1993, quando funcionava em dualidade com a Escola Municipal l Carlos Friedrich, até esse ano de 2018.

O Memorial dá inicio às comemorações dos 25 anos do Colégio que vão culminar na II Feira do Conhecimento no terceiro trimestre deste ano. Varias atividades estarão sendo preparadas para a Feira, com ênfase para a memória dos 25 anos.

A então escola Novo Horizonte (antes era extensão do Dario Velozzo) foi criada após luta da comunidade em março de 1993, com ensino fundamental, sendo o Ensino Médio Educação Geral autorizado em 1998. Em 2001, o colégio ganhou prédio próprio onde funciona até hoje.O Memorial vai ficar permanente na escola esse ano.



Eleita nova diretoria da APMF do Colégio Novo Horizonte


Em assembleia geral no dia 11 de maio, foi eleita a nova diretoria da APMF do Colégio Novo Horizonte, para os próximos dois anos. A nova diretoria ficou assim composta:Rivelino Rodrigues dos Santos (presidente) Ana Claudia da Cruz (Vice presidente ), Giovana Dias (1° Secretária), Cleunice Dias Morais(2° Secretária), Katia Schumacher(1° Tesoureira), Adriano Cicero dos Santos(2° Tesoureiro), Luciano Mendes Padilha (1° Diretor Sociocultural), Maria Ivanir Xavier (2° Diretor Sociocultural). A chapa ainda conta com outros oito representantes no Conselho Fiscal



Na assembleia foi apresentada e aprovada a prestação de contas da entidade no período de maio de 2017 a abril de 2018,registrando-se entrada de R$ 75.279,24 para uma saída de R$ 68.472,42, com saldo em caixa de R$ 6.805,62. Na oportunidade foram apresentados os principais investimentos do período, com destaque para o convenio com a Justiça Federal de cerca de R$ 35 mil.



Parceria com Justiça Federal garante tecnologia na sala de aula


O Colégio Estadual Novo Horizonte, através da APMF, está concluindo mais um projeto em parceria com a Justiça Federal de Toledo. Com investimento de R$ 15.493,44, foram adquiridos mais cinco projetores multimídia, com cinco suportes de proteção, possibilitando que todas as salas de aulas disponham do aparelho .

E o Projeto “Tecnologias da Informação Sala de Aula”, que possibilitou ainda a aquisição de cinco telas de projeção retrateis e instalação de novo roteadores (pontos de acesso a internet. Com isso o sinal de internet facilitou o trabalho dos professores para a chamada on line e outras atividades pedagógicas. Em contrapartida a escola permite a prestação de serviços a comunidade como penas alternativas.

Os alunos também têm acesso a internet com rede exclusiva durante os intervalos ou mediante solicitação do professor em determinada aula através de rede gerenciável.

Além disso, a escola foi beneficiada pelo Programa Escola Conectada, do Governo do Estado, com 12 computadores, um note book e um laboratório com 32 net-books para uso em sala de aula, o qual será entregue em breve. Este deve chegar em breve, sendo que ainda serão investidos R$ 12 mil do programa na instalação da rede lógica, ampliando ainda a rede wifi.



Edital de convocação para Assembléia
Colégio selecionado para Programa Escola Conectada: R$ 158 mil em recursos tecnológicos


O Colégio Novo Horizonte vai ser beneficiado pelo Governo do Estado com mais um Programa. A escola foi uma das selecionadas das quatro no município de Toledo para a primeira etapa do Programa Escola Conectada.

A escola vai receber equipamentos para potencializar a utilização de recursos tecnológicos no ambiente escolar no valor de R$ 158 mil reais e mais R$ 12 mil para os serviços de instalação.

Os equipamentos são um notebook (já entregue), 03 projetores, 12 computadores de mesa (desktops), uma impressora, sete pontos de wifi e 01 laboratório móvel completo com 32 netbooks.



Conselho Escolar do Colégio Novo Horizonte dá parecer favorável a prorrogação do mandato de diretores



O Conselho Escolar do Colégio Estadual Novo Horizonte , se reuniu nesta sexta-feira, para avaliação e emissão de parecer para a prorrogação do mandato da direção e direção auxiliar, conforme a Res. 5.547/2017-GS/SEED. A direção apresentou o relatório do Plano de Ação, contendo 50 ações nas varias dimensões da gestão propostas em 2015 para desenvolvimento na escola.

Após a apresentação do relatório pelos diretores Sadi Nunes da Rosa e Elisa Splitter, verificou-se nos primeiros dois anos 14 concluídas (28%), 28 em processo (56%) e 08 não iniciadas (16%), totalizando 42 ações concluídas ou em processo(84%).

Com isso o Conselho Escolar (com representantes de alunos, professores, pais, comunidade, Agentes I e I, Equipe Pedagógica e do Grêmio Escolar), emitiu parecer favorável à prorrogação dos mandatos por dois anos, a ser enviado ao NRE para os trâmites administrativos.



Alunos e pais aprovam trabalho do Colégio Novo Horizonte


Os alunos e pais do Colégio Estadual Novo Horizonte avaliaram muito bem a escola neste mês de dezembro e apontaram um alto índice de satisfação em pertencer a este estabelecimento. A pesquisa com os alunos foi realizado online no laboratório de informática e os pais responderam formulários levados pelos alunos.

De acordo com a pesquisa com cerca de 430 alunos, 67,5% estão satisfeitos em estudar nessa escola e 17,7% revelaram estarem muito satisfeitos, enquanto 72,9% disseram que o clima escolar revelam que o clima escolar é bom.

O percentual de satisfação com o trabalho da equipe gestora também é alto, sendo que 63,% estão satisfeitos e 21% muito satisfeitos com a direção e semelhante índice com relação à equipe pedagógica. Com relação aos professores, o índice de satisfação é de 56,% e 27,2% se consideram muito satisfeitos. Quanto aos investimentos no espaço físico da escola, 57,6% estão satisfeitos e 23,4% muito satisfeitos.

Todos os setores foram bem avaliados pelos alunos, mas foram apontadas deficiências que devem ser corrigidas, como a merenda escolar ,onde 36,6% dos alunos demonstram estarem insatisfeitos e 36% muito insatisfeitos, resultado de atrasos na entrega e outros fatores que deverão ser melhorados em 2018.

Com relação aos pais, 83,5% disseram estarem satisfeitos com a educação oferecida pelos professores e 12,5% muito satisfeitos. Quanto ao atendimento pela equipe pedagógica, 98,5 dos pais disserem terem sido bem atendidos, enquanto 97,5% disseram terem sido bem atendidos pela direção e direção auxiliar.

No entanto, os pais se mostraram preocupados principalmente com a questão da segurança no entorno, pois 57,5% disseram que se sentem inseguros ao enviar o filho a escol e 15% totalmente inseguros. Quando se trata do ambiente interno da escola, ocorre o inverso, 72% dos pais disseram que se sentem seguros ao enviar o filho a escola e 5% disseram ser totalmente seguro. A questão da segurança no entorno da escola é uma luta de mais de três anos juntos aos órgãos de segurança de Toledo.

A direção cumprimenta todos os professores e funcionários da escola pela excelente avaliação, o que demonstra a seriedade de todos na proposta do estabelecimento. 






Dia da Consciência Negra



O Colégio realizou nesta terça-feira, uma atividade diferenciada alusiva ao Dia da Consciência Negra. Alunos participaram de oficinas temáticas e saborearam uma deliciosa feijoada. Veja as fotos!

Aluno do Colégio Novo Horizonte recebe Medalha de Ouro da OBMEP 2016 no Rio de Janeiro

No Nível 1 aluno foi o único medalhista de ouro das escolas do NRE de Toledo



O estudante Felipe Stillner Eufranio, do oitavo ano, recebeu no dia 14 de novembro, Theatro Municipal no Rio de Janeiro, a Medalha de Ouro da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas - OBMEP.

O aluno do Colégio Novo Horizonte, inscrito no Nível 1, foi o único medalhista de ouro dentre os três níveis da OBMEP 2016 no Núcleo Regional de Educação de Toledo e um dos 21 do seu Nível do Paraná, entre os cerca de 500 que receberam a premiação.

Ele viajou para o Rio de Janeiro acompanhado do coordenador regional, Professor Edson, da Unioeste, sendo prestigiado no evento também pelo diretor do Colégio, Professor Sadi Nunes. Em 2016 Felipe era aluno da professora Adriana Rech.






Alunos do Colégio Novo Horizonte se destacam no I Concurso de Haicai de Toledo Kenzo Takemori


Oito alunos do Colégio Novo Horizonte se destacaram no Concurso de Haicai de Toledo Kenzo Takemori, promovido pela Academia de Letras de Toledo. A premiação ocorreu na quinta-feira, dia, no Centro Cultural Ondy Niederauer.

Eles receberam a premiação juntamente com os demais classificados nas varias modalidades do Concurso que homenageia a colonização japonesa em Toledo. Os alunos se destacaram na Categoria Internacional Juvenil e entre os participantes de Toledo.

A presidente da Academia de Letras de Toledo, Lucrecia Welter, realizou uma oficina de haicai na escola, o que motivou os alunos, além do incentivo dos professores de Língua Portuguesa. Três se classificaram entre os primeiros lugares e os demais receberam menção honrosa:


 


Festival de Dança 2017 - Fotos e Resultado


Confira as fotos e o resultado do Festival de Dança 2017!
Convênio entre APMF e Justiça Federal já investiu mais de R$ 40 mil na escola




Um convênio entre a APMF do Colégio Estadual Novo Horizonte com a Justiça Federal de Toledo para a Prestação de Serviços Comunitários(PSC) por parte dos apenados ou réus beneficiados pela Suspensão Condicional do Processo, vem trazendo resultados na melhoria do espaço físico escolar além da função social específica do programa. É que o programa possibilita a destinação de recursos para projetos sociais elaborados, os quais desde 2013 já viabilizaram o investimento de R$ 40.283,37 na escola.



Os quatro projetos apresentados desde 2013 são cobertura de parte da quadra esportiva, colocação de 140m de pavimento intertravado de concreto – Paver em processo de ajardinamento, implantação de sistema de som ambiente (radio escola) e mais recentemente, na viabilização de espaço próprio para a cantina escolar em conteiner especialmente preparado para este fim em área coberta com telha translúcida e disposição de mesas e bancos de jardim.



O resultado social ainda é a possibilidade ao apenado de prestar serviços comunitários, em horários compatíveis com a atividade profissional e vida familiar. O programa também possibilita que a escola otimize os recursos da prestação de serviços porque os prestadores realizam pequenos serviços que deveriam ser contratados e pagos com recursos do Fundo Rotativo.



Segundo a Justiça Federal, a PSC pode decorrer de uma condenação criminal. Nesse caso, transitada em julgado a sentença condenatória (não sendo mais possível a interposição de recursos), deverá o(a) apenado(a) cumprir os termos ao qual foi condenado(a). Todavia, a pena privativa de liberdade pode ser substituída por penas restritivas de direito (em substituição ao encarceramento). Para isso a a pena não pode ser superior a 04 (quatro) anos, não tenha sido o crime cometido com violência ou grave ameaça à pessoa, não seja o réu reincidente em crime doloso (com intenção), além de preencher outros elementos subjetivos (como os antecedentes, a conduta social e a personalidade).



Daí os prestadores conforme o limite informado pela escola são encaminhados pela Justiça Federal para o inicio do serviço . O controle das horas é feito pela escola no Siscopen,sistema informatizado de controle penal, que tem por finalidade o acompanhamento da prestação de serviços à comunidade (PSC), por parte dos apenados ou réus beneficiados pela Suspensão Condicional do Processo. Na escola os prestadores são orientados sobre as atividades que devem realizar bem como a conduta do mesmo no espaço escolar, sendo que até hoje todos os prestadores manifestaram conduta ilibada.


Aluno do Colégio Novo Horizonte é Medalha de Prata no Judô nos Jogos Escolares
O estudante Lucas Guilherme Back de Souza, do 2° A, do Colégio Estadual Novo Horizonte, foi medalhista na fase final dos Jogos Escolares do Paraná, realizados em Apucarana.

Lucas recebeu a Medalha de prata, ficando em segundo lugar na modalidade Judô Masculino A, categoria até 73 quilos.

O aluno treina na Associação Hikare, integrante da escola de judô do Município de Toledo, sendo treinado pelos professores Junior e Willian.


 



Previda: Colégio Novo Horizonte sedia “roda de conversa” sobre prevenção ao uso de drogas lícitas e ilícitas


O Colégio Estadual Novo Horizonte, sediou nesta quarta-feira, dia 28, a realizaçao de uma roda de conversa sobre o uso indevido e prevenção às drogas. O evento, no Centro da Juventude, integra ações da Semana Estadual de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas Lícitas e Ilícitas.

Nos debates houve a participação dos gestores e alguns professores do Colégio Novo Horizonte, alunos voluntários representantes das turmas do matutino, bem como de representante do Núcleo Regional de Educação/Ouvidoria, SIM/PR, Patrulha Escolar/Proerd, 20º Regional de Saúde, CAPS/AD/Toledo, Conselho Tutelar, Conselho Municipal Antidrogas, do Ministério Público através da Promotora da Infância e Juventude, Katia Kruger.

Os profissionais presentes manifestaram sobre os efeitos prejudiciais a saúde pelo consumo de drogas lícitas (fumo, álcool) e ilícitas, responderam questionamentos dos alunos e alertaram a necessidade da prevenção, notadamente no âmbito escolar.












Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito